Impostômetro atinge R$ 1,5 trilhão


Por: Sophus Tecnologia
Categoria: Comércio
28/08/2018

Foto
Imagem de: Sérgio Souza em Unsplash

Por Redação DC 23 de Agosto de 2018 às 11:05 | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) registra a marca de R$ 1,5 trilhão nesta quinta-feira (23/08), às 11h40. O montante representa o total de impostos, taxas e contribuições que a população brasileira já pagou desde o primeiro dia do ano. No ano passado, esse mesmo valor foi atingido 22 depois, ou seja, dia 14/9/2017.

Além do aumento na arrecadação pública de um ano para outro, salta aos olhos o fato de que esse dinheiro não é suficiente para sanar as contas públicas.

Quem afirma é o presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti. “Mesmo com tanto dinheiro, o governo ainda precisa de mais de R$ 100 bilhões para sanear o orçamento, porque os recursos são mal geridos”.

Ele alerta que os candidatos para as eleições de 2018 pouco ? ou nada ? têm falado sobre isso. “Os eleitores precisam ficar atentos para não se iludirem com promessas mirabolantes, porque não haverá dinheiro para tudo o que os candidatos dizem que querem fazer”.

O Impostômetro foi implantado em 2005 pela ACSP para conscientizar os brasileiros sobre a alta carga tributária e incentivá-los a cobrar os governos por serviços públicos de mais qualidade.

Fica na sede da ACSP, na Rua Boa Vista, centro da capital paulista. Outros municípios se espelharam na iniciativa e instalaram painéis, como Florianópolis, Guarulhos, Manaus, Rio de Janeiro e Brasília. No portal do Impostômetro é possível visualizar valores arrecadados por período, estado, município e categoria.

Fonte: Diário do Comércio


Voltar

CONHEÇA TAMBÉM OUTRAS SOLUÇÕES

Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço