Governo de São Paulo altera critérios para reabertura da economia


Fonte: Diário do Comércio
Categoria: Comércio
29/07/2020

Por Renato Carbonari Ibelli

O governo paulista fez mudanças nos critérios de transição entre as fases do Plano São Paulo. Foi criada uma margem de segurança para os indicadores da epidemia no estado para evitar que pequenas variações levem regiões a regredirem ou avançarem pelas etapas.

O Plano São Paulo tem cinco fases, cada uma delas impõe restrições específicas a diferentes atividades econômicas. Uma das críticas dos empresários paulistas é a insegurança para os negócios causada pela reabertura seguida da necessidade de fechamento.

O abre e fecha dificulta a formação dos estoques no comércio, a recontratação de mão de obra, a negociação de prazos com fornecedores, entre outros problemas.   

A nova calibragem do plano vai permitir que variações de 2,5 pontos percentuais, para mais ou para menos, no indicador de capacidade hospitalar, e de 0,1 ponto percentual nos indicadores de evolução da epidemia, sejam ignoradas, evitando recuo ou avanço de regiões entre as fases nesses casos.


Clique aqui e leia o artigo completo! 

Fonte: Diário do Comércio 

Imagem: Blake Wisz em Unsplash


Voltar

CONHEÇA TAMBÉM OUTRAS SOLUÇÕES

Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço