Consumidor brasileiro deixa otimismo para 2022


Fonte: Diário do Comércio
Categoria: Comportamento
03/12/2020

Foto

Por Mariana Missiaggia

Menos dispostos a contrair dívidas e convictos de que o desemprego deve aumentar nos próximos meses, os consumidores brasileiros acreditam que a situação econômica e política do país só irá melhorar em 2022.

Esse é o panorama revelado pela nova edição da pesquisa Perspectivas 2020 sobre a a expectativa dos brasileiros com o cenário político e social, realizada pela parceria Acrefi/Kantar, divulgada nesta segunda-feira (16/11).

De acordo com o material, a maioria dos entrevistados (32%) acredita que a situação econômica só vai melhorar a partir do segundo semestre de 2022. Outros 29% também apostam numa melhora a partir do início de 2022.

Ainda mais pessimistas, 14% dos entrevistados não esperam nenhum tipo de melhora nos próximos quatro anos; 14% não sabem o que esperar e apenas 11% já acreditam em alguma melhora a partir do primeiro semestre de 2021.

Grande parte desse pessimismo está relacionado ao desemprego: 67% dos participantes acreditam que o desemprego irá aumentar nos próximos meses. Em 2019, esse percentual era de 55%, de acordo com a pesquisa.

Clique aqui e leia o artigo completo!

Imagem: Nik Shuliahin em Unsplash


Voltar

CONHEÇA TAMBÉM OUTRAS SOLUÇÕES

Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço
Imagem serviço